Páginas

Seguidores

domingo, 28 de outubro de 2012

Crianças indígenas são vítimas de pedofilia em troca de comida


Em geral as meninas indígenas são tiradas de suas aldeias por causa da fome e acabam recebendo em comida. Os abusadores são “homens maduros, comerciantes estabelecidos na cidade, que raramente vão em festas e que, aparentemente, possuem conduta ilibada”

crianças indígenas pedofilia amazonas
A condição de extrema pobreza das crianças é a principal causa dessa situação dramática. Faz vítimas entre a população indígena, mas não é só. Foto: divulgação
A exploração sexual de meninas indígenas está crescendo e se tornando escancarada, no norte do País.
Segundo reportagem do site A Crítica, uma rede de pedofilia cujas principais alvos são crianças indígenas está se consolidando na região amazônica.
No município de São Gabriel da Cachoeira que fica a 858 km de Manaus e 90% da população é indígena pessoas ou organizações são ameaçadas para ficarem em silêncio.
A rede de pedofilia da região se tornou conhecida nacionalmente após junho deste ano. A mãe de uma garota indígena de 13 anos com leve retardo mental decidiu denunciar o estuprador de sua filha que ficou grávida.
A menina teve de ir até Manaus fazer exames e mãe aproveitou para denunciar o caso na Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário